232º Aniversário da Paróquia do Caniço

Hoje, dia 28 de Outubro, a paróquia do Caniço completa mais um aniversário.
 
Instituída no século XV, esta paróquia inicialmente pertenceu à jurisdição das capitanias do Funchal e de Machico, tendo duas igrejas paroquiais: a do Funchal, da invocação do Espírito Santo e a de Machico, da invocação de Santo Antão. No entanto, tudo leva a crer que apenas existiu uma paróquia e o mesmo pároco servia alternadamente os dois templos.
 
Por alvará de 20 de Outubro de 1605 nomeou-se um cura para esta paróquia.

 
Em 1778 a igreja do Espírito Santo já se encontrava inteiramente destruída e a de Santo Antão em adiantado estado de ruína. As rivalidades então existentes entre as duas capitanias impediram a construção de uma nova igreja. Com a nomeação do Padre José Lomelino Barreto que aqui paroquiou, durante mais de 40 anos e que ofereceu o terreno para a edificação da actual Igreja, sucessora das outras duas primitivas, que se arruinaram. A primeira pedra do actual templo paroquial foi benzida em 2 de Agosto de 1779, sendo a nova Igreja solenemente benzida em 28 de Outubro de 1783. Os orágos da paróquia do Caniço, são o Santo Antão e o Espírito Santo.
 
A lápide que se conserva no frontespício é do seguinte teor:
              "Sancto Spiritui Paraclito atque divo António Abbati sacrum Maria 1.ª lusitan, regina fidelis equestris D. N. J. C. ordinis gubernat aedificavit: insulano tribunali regio curante. Anno CIC.IDCCLXXX regni autem IIII".