Fotos do Caniço

Reserva Natural do Garajau

A criação da Reserva Natural Parcial do Garajau surgiu na sequência de uma preocupação sentida por um grupo de madeirenses, que apercebendo-se da potencialidade deste local, constatou que no mesmo, era já inquietante o fenómeno da depauperação do meio marinho. Tornava-se urgente, por um lado, impedir a progressiva desertificação dos fundos marinhos do litoral da Ilha da Madeira, e por outro, contribuir para o repovoamento faunístico das áreas adjacentes.

Ler mais: Reserva Natural do Garajau

Ponta do Garajau

Cristo Rei da Ponta do Garajau, ou Cristo Rei da Madeira, é o nome pelo qual é conhecido o monumento ao Sagrado Coração de Jesus erigido na Ponta do Garajau, ilha da Madeira .

O monumento religioso ao Cristo Rei, consistindo numa estátua de braços abertos voltada para o oceano, foi financiado e mandado construir pelo conselheiro Aires de Ornelas, filho do último morgado do Caniço. A estátua foi executada pelo escultor francês Georges Serraz (1883-1964) e foi inaugurada no dia 30 de Outubro de 1927, a mesma data em que foi aberta ao trânsito a estrada que liga a Cancela ao Monumento.

Ler mais: Ponta do Garajau

Pico da Atalaia

O Pico da Atalaia é um dos locais onde a herança vulcânica é bem visível, pois é nada mais, nada menos, do que um cone vulcânico que, apesar de estar parcialmente destruído pela erosão do mar e do vento, ainda conseguimos ver a sua “rolha” formada à milhares de anos, aquando do arrefecimento da lava, o que tudo combinado dá um aspecto único e de rara beleza ao pico.

Ler mais: Pico da Atalaia

Igreja do Caniço

É uma das mais antigas paróquias da Madeira, cuja criação remonta aos anos de 1438/40.

Era uma terra coberta de carriços, quando foi encontrada, sendo o seu nome uma corruptela da planta dos carriços. Foram seus primeiros povoadores os Ornelas, Gaviões, Salvagos de Génova, Regos, Martins e outros. A Ribeira do Caniço era a linha divisória das duas Capitanias do Funchal e Machico, sendo a Ponta da Oliveira, o nome de uma estaca daquela árvore trazida do continente para servir de marco divisório das duas Capitanias da Madeira. Até fins de 1835, pertenceu esta freguesia ao Concelho do Funchal, sendo nesse ano incorporada no Concelho de Santa Cruz de cuja Vila dista 8 quilómetros.

Ler mais: Igreja do Caniço

Praia dos Reis Magos

Ora aqui está um bom exemplo de como uma praia pequenina pode ser um cantinho do paraíso!

Ler mais: Praia dos Reis Magos